Header Ads

Seo Services

KUNG FU - NOVA SÉRIE DA CW ESTREIA COM RECORDE DE AUDIENCIA...MAS, E O EPISÓDIO, É REALMENTE BOM?



A nova versão da antiga e cultuada série KUNG FU, estreou agora no dia 07 de abril na CW. E já estreou em grande estilo atingindo o status de terceiro auge de audiência no canal em episódio piloto de 2021.  Primeiro foi a sonolenta "WALKER" (temos uma postagem aqui). Depois a acima da média "SUPERMAN E LOIS" (postagem aqui) e agora "KUNG FU"...


Mas, assim como acontece nos cinemas grandes bilheterias, ou no caso, grandes audiências, não significam necessariamente uma série ou filme bons...Por isto assistimos ao primeiro episódio para analisarmos as diferenças para com a série original e a proposta da novo seriado. Claro que muitas vezes, é melhor aplicar a regra dos 3: assistir três episódios antes de fazer uma critica. Mas, vamos aderir ao 'primeiras impressões"...


O série original, girava em torno do personagem Kwai Chang Caine, que em um momento de fúria, devido ao assassinato de seu mestre (cego), acabou inadvertidamente matando o príncipe chinês. Para fugir da execução, parte para a América em busca de seu desconhecido irmão. 


Cada episódio trazia um dos ensinos pacifistas que Kwai Chang havia recebido de seus mestres. Claro que apesar disto, praticamente em todo episódio ele tinha de demonstrar suas habilidades marciais, sempre com uma as vezes irritante camera lenta...


Bem, esqueça tudo isto! Isto era a série do passado! Não é atoa que nos créditos iniciais aparece que a nova série é apenas 'baseada' na antiga. Em outras palavras, só ficaram: o fato da personagem central ter ido a um templo Shaolin; ter desenvolvido as artes marciais; carregar aquela sacolinha de pano a tiracolo e ...lutar em camera lenta! 


Desta vez acompanhamos os acontecimentos que envolvem Nick Shen, uma jovem que para evitar se dobrar aos desejos da mãe, foge abandonando tudo: família, faculdade, tudo e vai parar em um templo Shaolin. Mas, atenção: ela foi parar lá por acidente...Mas, ao ver todas aquelas mulheres (sim, o templo era apenas para mulheres), aprendendo artes marciais decidiu que ali era seu lugar.




Mas, a série tinha de acontecer, por isto depois de 3 anos, o local é atacado por um grupo misterioso. Durante o ataque ela descobre a motivação: roubar uma espada milenar...e com poderes místicos (!!) que a shifu (mestre) Pei-Ling escondia até encontrar aquela destinada a possuí-la. A ladra era Zhilan, uma lutadora misteriosa e que obviamente foi treinada pela própria shifu Pei-Ling (mas, isto deve ser mostrado nos próximos episódios)...




Nicky luta contra Zhilan, mas esta se mostra superior na arte da luta e acaba levando a espada. Não sem antes matar Pei-Ling e jogar Nicky em um precipício (sem verificar se ela havia realmente caído - falha de principiante, ou de primeiro episódio).




Após estes acontecimentos Nicky volta para casa e ai a série cai no 'módulo CW', ou seja, fica igual as outras 'trocentas' séries de adolescentes do canal! Nicky é bem recebida pelo pai (um dos pais sempre age diferente) e pela irmã mais nova. Mas, seu irmão e sua mãe não reagem muito bem a seu retorno. Para completar, seu antigo amor Evan Hartley esta agora com outra namorada (cá para nós: ela termina com o cara, some três anos sem explicações. Queria achar o que na volta?)...




Bem, já temos uma mestre assassinada; uma mulher assassina e misteriosa que desapareceu com a espada; uma espada mística e detentora de poderes; um problema familiar de difícil solução (a principio). Falta então a motivação para Nicky usar suas habilidades Shaolins...


E é onde entra a tríade (uma espécie de máfia chinesa), que como qualquer gangue domina o comércio local usando a força. Uma das vitimas, claro, é o pai de Nicky. Ela não aceita bem as coisas e parte para o confronto, com cenas de luta muito bem feitas, mas com camera lenta...a boa noticia é que só é usada em certos golpes (os mais fantásticos, claro!), pelo menos por enquanto. 




É obvio que Zhilan estará ligada a tríade de alguma forma. Nicky precisa recuperar a espada, porque foi o ultimo pedido de sua mestre. Além disto ela descobriu que a espada faz parte de um jogo de armas místicas, que se reunidas, tornará quem as tiver invencível e capaz de trazer grande destruição e sofrimento! 


Na certa você esta se perguntando sobre os ensinos que eram passados a cada episódio na antiga série... Bem, não conte com isto na nova versão! Nicky recebe conselhos mas de sua mestre morta, que aparece em sua imaginação sempre que ela tem dúvidas. Mas seus conselhos não tem nada dos provérbios chineses da série original. 


Outra curiosidade que os fãs devem se lembrar, é que na série original no final do treinamento o aluno deve pegar um caldeirão de brasas incandescentes apenas com os braços, isto faz com que um dragão fique tatuado à fogo no braço do novo mestre. Bem, na nova série, Nicky enfrenta Zhilan e consegue recuperar a espada, mas ao pegá-la a espada brilha e marca a palma da mão de Nicky com um símbolo....




Este contato com a espada também dá certas habilidades especiais a Nicky (ela não percebeu ainda), neste episódio inicial ela dá um salto no 'estilo Zack Snyder' alcançando grande distância...Tudo que descrevi aqui e muito mais, foi mostrado em apenas 50 minutos. Isto passa muita informação em apenas 50 minutos, o que não é exatamente favorável a série...


O episódio não é ruim, porém os saudosistas precisam evitar comparar as duas séries! A ligação entre as duas é muito tênue! Assista como algo novo, sem relação ao passado. Todo o misticismo embutido no episódio faz parte dos clichês utilizados quando se aborda assuntos ligados aos orientais, isto não necessariamente faz com que o seriado fique mais interessante. Mas, pode apostar que muitos se interessarão por causa disto! 


Faremos no futuro uma nova critica nos baseando em mais episódios, que possam nos dar base para uma analise mais profunda. Caso queira ler nossa postagem anterior ao lançamento da série e que contem um trailer, basta clicar aqui...









Nenhum comentário